Work in Progress: “Adormecida”

A pintura da “Adormecida” foi uma experiência nova para mim, onde resolvi explorar a pintura digital usando o Photoshop em um computador iMac acoplado a uma mesa digitalizadora Intuos Pro da Wacom.

Work in Progress: Adormecida | She is Asleep

Ao contrário do Corel Painter onde eu consegui me adaptar com facilidade, já que o mesmo foi projetado especificamente para artistas pintores, no Photoshop eu sofri para me adaptar a sua peculiaridade, pois ele foi projetado para tratamento e manipulação de imagens e não especificamente para pintura.

Mas depois de estudar bastante o software e ler artigos especializados sobre pintura digital, descobri então como configurar o Photoshop para ser usado efetivamente na pintura digital, sobretudo nas configurações e no entendimento dos inúmeros pincéis que ele dispõe, dos pincéis que baixei da internet, e dos pincéis que eu mesmo criei para pinceladas com efeitos variados.

Work in Progress: Adormecida | She is Asleep

No Corel Painter tudo já vem arrumado e pronto para uso, os pincéis são muito bem organizados, a paleta de tinta é igual a uma paleta de tinta de verdade e tem um misturador de tinta sensacional. O artista já se sente em casa, é tudo mais familiar, e foi isso que mais estranhei ao tentar pintar no Photoshop, pois os pincéis padrão não respondiam de acordo com as minhas necessidades, a sensação é que eu estava jogando um vídeo game e tudo me parecia bem artificial, nada dava certo. Era muito difícil conseguir o objetivo e o efeito desejado nas pinceladas.

Mas tudo mudou com um pouco de estudo e compreensão da ferramenta, sendo o maior segredo a preparação dos pincéis. Feito isto, já comecei a me sentir bem mais a vontade com o Photoshop, e novamente me sentir um pintor que estava pintando de verdade. Conseguindo então, atingir o objetivo desejado.

O Photoshop é um software muito poderoso, e nele existem muitas ferramentas, no entanto procurei usá-las o mínimo possível. Procurei deixar a experiência o mais próximo da pintura convencional, ou seja, apenas pincelando e nada mais.

Fiquei muito satisfeito com esta nova experiência e com o resultado obtido. Minha experiência na pintura digital é muito recente, esta é apenas minha quarta pintura, sendo que as outras três foram pintadas no Corel Painter. Eu sinceramente não sei dizer neste momento, dentre estes dois, Corel Painter e Photoshop, qual é o melhor software para pintura digital para uso em computadores, os dois são excelentes e você poderá obter resultados similares em ambos. No Photoshop você terá um trabalho maior no começo para preparar e entender como funciona os pincéis, e também seria conveniente instalar alguns plugins de terceiros para ajudar na pintura, como por exemplo, um misturador de tintas (só acho que a Adobe deveria trazer isto no pacote). Neste ponto o Corel Painter sai na frente, pois já esta pronto e basta usar. Mas depois que o Photoshop estiver preparado para o seu gosto e estilo de pintura, ele ficará similar ao Corel Painter e escolher entre um ou outro será uma questão preferência. Em minhas pesquisas encontrei diversos artistas que usam apenas um deles, outros que usam os dois, e os que ainda começam em um e terminam no outro, usando assim o que tem de melhor em cada um deles.

Eu sempre acreditei que não importa o suporte usado, a arte pode ser expressa em qualquer lugar, com quaisquer ferramentas e materiais, então quando eu comecei a pintar digitalmente, apenas fiz o que sempre fiz, trabalhei sentindo o estava pintando e me adaptando a nova realidade.

Não sei se no futuro a arte será totalmente digital, não sei dizer se ainda existirá papel e tinta, uma vez que esta nova geração já esta nascendo na era da tecnologia, onde tudo é digital e touch. Hoje já existem escolas que não usam mais lápis e papel, mas tablets. A partir de agora muitas crianças só terão experiências digitais, então talvez a maioria dos novos artistas poderão criar apenas desta forma, já que é assim que eles estão aprendendo.

No passado os artistas precisavam produzir artesanalmente suas próprias tintas com pigmentos extraídos da natureza, e com o passar do tempo eles passaram a comprar em tubos industrializados vendidos em lojas especializadas em arte. O que quero dizer é que como artista, nós devemos nos expressar não importando o meio, a pintura digital é mais um destes muitos caminhos, tão bom quanto qualquer outro. Então porque não explorá-lo? É exatamente isto o que estou fazendo agora e estou adorando, estou pintando de uma maneira que jamais sonhei, pois quando eu aprendi a desenhar e a pintar não existia nada desta tecnologia. Quando criança eu costumava desenhar com giz no asfalto da rua em frente de casa para os amigos apreciarem e para mim, tudo isto, isto é uma grande evolução, mas não é tão diferente assim, é tão divertido quanto antes.

Adormecida | She is Asleep

Espero que você tenha gostado! Esta pintura poderá ser vista em meu portfólio! Em breve publicarei mais pinturas e novas experiências.